domingo, 15 de fevereiro de 2009

NONO ANO - SÃO CAMILO - AULAS FEVEREIRO - 2009

1ª SEMANA: 04 À 07/02/09
6/02: AULA 01:
9º M2/9º M1: Apresentação do Professor e Alunos: Aula sobre a Geografia na série, revisão das idéias da série anterior.
7/02: AULA 02:
9º M1/9º M2: Continuação da Aula Anterior com enfoque em idéias que serão estudadas em 2009: Como os Países Subdesenvolvidos.

SEGUNDA SEMANA : 12 À 13/02/09
12/02: AULA 03:
9º M2/9ºM1 : Teste Diagnóstico de Geografia.
13/02: AULA 04:
9º M1/9º M2: Aula 04:
CAP. 01: O MUNDO SUBDESENVOLVIDO
INTRODUÇÃO E ORÍGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO.
1. Lembrar que estudamos no ano passado os países desenvolvidos e explicando por que estudaremos agora os subdesenvolvidos: essa estratégia segue o caminho do processo histórico, já que os países desenvolvidos, durante a expansão imperialista, submeteram a maior parte dos atuais países pobres à subordinação política e à exploração econômica, eventos radicalmente relacionados às más condições de vida em que vive grande parte da população das ex-colônias. Comente a diversidade de países que forma cada um dos dois grupos.
2. Exponha a origem do conceito de subdesenvolvimento após a Segunda Guerra Mundial e comente como o processo de acumulação de capital nas metrópoles européias possibilitou a Revolução Industrial e provocou o aumento das desigualdades entre as nações. Use o gráfico do Caderno do aluno – “PIB per capita em PPC” – para mostrar essa desigualdade nos dias de hoje. Quantifique a extensão do mundo subdesenvolvido, que envolve mais de 160 países e cerca de 60 colônias ou possessões.
3. Fale sobre a perda de sentido do termo Terceiro Mundo com o fim da Guerra Fria. Com ajuda do mapa do Caderno – “Países de menor PIB per capita” –, mostre que esse indicador é útil para posicionar um país em relação a outros.
4. Comente a dificuldade de definir exatamente o que é subdesenvolvimento e a diversidade de estudos e indicadores. Explique que a divisão mais usada hoje é a que está no mapa “Norte × Sul”. Apesar de simples, essa classificação é suficiente para uma análise geral. Para comprovar isso, aponte as diferenças entre os dois grupos de países indicados nos nove itens, de a a i, do Caderno do aluno.
5. Faça com os alunos o exercício 1 das Atividades, em que se discutem diversas particularidades da divisão do mundo em Norte e Sul.
6. Recomende o exercício 1 da seção Em casa, que exige reflexão sobre as relações entre o consumo de energia e o desenvolvimento.
7. Comentários sobre os Exercícios.

ESQUEMA DA 4ª AULA DIA 13/02
CAP. 01: O MUNDO SUBDESENVOLVIDO
1 – INTRODUÇÃO
1. Estudamos em 2008 os países Desenvolvidos ( Países do Norte) (suas origens tem a ver com os países que estudaremos em 2009)
2. Os Países Subdesenvolvidos ( Países do Sul), são resultantes, sua formação, origens, características, ao processo de construção dos países desenvolvidos.
3. A separação Norte x Sul, deverá ser lembrada e caracterizada.
4. Os países do Norte e do Sul não são idênticos economicamente, são de características comuns.

2 – ORÍGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO

5. O Conceito de países Subdesenvolvidos está associado à Acumulação de Capitais, nas metrópoles européias, que passaram a expansão, com objetivo de aumentar seus negócios, gerando desigualdades e o aparecimento dos países Subdesenvolvidos.
6. Relatos afirmam na época, que os Europeus eram mais avançados culturalmente, tecnologicamente, e isso justificava a colonização – Essa evolução dos Povos europeus em relação aos Colonizados, justificou o seu aparecimento, incluindo até os dias atuais.
7. A missão civilizatória dos europeus em relação aos povos inferiores, gerou a colonização destes últimos.
8. Em nome desta visão superior, milhões foram massacrados, dizimados, e suas riquezas, levadas para as metrópoles européias.
9. Consequências deste processo colonizador, foi as desigualdades entre progresso técnico, humano e social entre Países mais Ricos (Norte) e os Subdesenvolvidos ( Sul).
10. Observe o Gráfico pág. 134 que diferencia o PIB per Capita em PPC.
11. Causa deste distanciamento, é a crescente concentração de poder em alguns países, o controle sobre os capitais, investimentos, tecnologia, e pesquisa, feita pelos mais ricos, em relação aos mais pobres.
12. Onde estão esses países: América Latina, África, Ásia e África, que serão os objetos de estudo em 2009.

TERCEIRA SEMANA : 19 À 20/02/09
19/02: AULA 05:
9º M1/9º M2:
1. Iniciar a aula 5 respondendo e comentando o exercício que os alunos fizeram em casa. Depois, explique novamente o que é Índice de Desenvolvimento Humano, com ajuda do gráfico do Caderno – “IDH 2004 – Grau de desenvolvimento” –, e analise a tabela “Extremos do IDH – 2004”. Leve-os a perceber que essa síntese numérica encobre particularidades de cada país ou região, as quais serão estudadas ao longo do ano. Atenção para o fato de que os dados são de 2004, mas do último relatório, publicado em novembro de 2006.
2. Comece a análise das características do subdesenvolvimento destacando a base econômica rural e o Setor Secundário dependente. Cuidado para não se alongar, já que a idéia é fazer uma síntese do que será estudado ao longo do ano.
3. Faça com os alunos o exercício 2 das Atividades, em que se discutem as relações entre a industrialização e o progresso tecnológico.
4. Recomende o exercício 2 da seção Em casa, em que os alunos devem, com a análise de uma tabela, descobrir que a má distribuição de renda é um fenômeno tanto nacional como internacional.

ESQUEMA DA 5ª AULA DIA 19/02
AULA 05: FORMAS DE ANÁLISE DOS PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS E DEFINIÇÕES DE SUBDESENVOLVIMENTO
1 – FORMAS DE ANÁLISE
1. Existem várias maneiras de mostrar e analisar o Mundo Subdesenvolvido.
2. O Estudo da pobreza no Mundo tem se modificado graças às recentes transformações por que passou as relações Geopolíticas do Mundo, desde o final da Segunda Guerra Mundial, até os dias atuais.
3. Com o final da Segunda Guerra Mundial, várias organizações procuraram divulgar o estado de miséria que vivia a maior parte da humanidade, criando políticas de ajuda a esses países, em vários setores, destacadamente: saúde, educação, saneamento básico, expectativa de vida, analfabetismo e mortalidade infantil.
4. Existem aspectos diferentes para afirmar sobre a pobreza: Causada por exemplo, devido à discriminação racial ou étnica que atingem vários grupos em vários países. Ex. Israel e Palestinos ( Faixa de Gaza)
5. Outra causa, A Concentração de riquezas por parte de grupos, que sacrificam milhares de pessoas dentro de um país. Neste caso, é o PIB per capita, que mostra matematicamente se a riqueza é ou não distribuída entre as pessoas dentro de um país. Vide mapa. Pág. 135.
6. Existem vários mapas que ilustram outras maneiras de medir o subdesenvolvimento. A Nutrição, Escolaridade, Mortalidade Infantil....

2 – DEFINIÇÕES DE SUBDESENVOLVIMENTO
1. Definir países subdesenvolvidos pode ser possível se analisarmos muitos aspectos, ou fatores, seja comparando com outras nações, seja construindo uma análise histórica dos mesmos.
2. Uma forma está ligada ao grau de desenvolvimento dentro da Nova Ordem Mundial: O Norte e o Sul.
3. Nesta classificação, teríamos o Norte formado por um grupo pequeno de países onde vivem cerca de 15% da população Mundial.

CARACTERÍSTICAS DOS PAÍSES
DESENVOLVIDOS
· Dominação econômica;
· Apresentam estrutura industrial completa, produzem todos os tipos de bens;
· Agropecuária moderna e intensiva, emprego de máquinas e mão-de-obra especializada.
· Desenvolvimento científico e tecnológico elevado;
· Modernos e eficientes meios de transporte e comunicação;
· População urbana é maior que a população rural, são urbanizados. Exemplo: Inglaterra, EUA, Alemanha, etc.
· População Ativa empregada, em principalmente, nos setores secundário e terciário. Exemplo: Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha;
· Pequeno número de analfabetos;
· Elevado nível de vida da população;
· Boas condições de alimentação, habitação e saneamento básico;
· Reduzido crescimento populacional;
· Baixa taxa de natalidade e mortalidade infantil;
· Elevada expectativa de vida.
· Pequena participação do Setor Primário no PIB e no Emprego da PEA.

4. O Sul, formado por mais de 160 nações, onde vivem mais de 85% da população Mundial, possui as seguintes características:

CARACTERÍSTICAS DOS PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS
· Passaram por um grande processo de exploração durante o período colonial. Colônia de Exploração;
· Baixo nível de industrialização, com exceção de alguns países como: Brasil, México, os Dragões de Exploração;
· Dependência econômica, política e cultural em relação às nações desenvolvidas;
· Deficiência tecnológica e baixo nível de conhecimento científico;
· Rede de transporte e meios de comunicação deficientes;
· Baixa produtividade na agricultura que geralmente emprega numerosa mão-de-obra;
· População Ativa empregada principalmente nos setores primários ou no setor terciário em atividades marginais (camelôs, trabalhadores sem carteira assinada etc). Exemplo: Brasil, Etiópia, Uruguai;
· Cidades com crescimento muito rápido e cercada por bairros pobres e miseráveis;
· Baixo nível de vida da maioria da população;
· Crescimento populacional elevado;
· Elevada taxa de natalidade e mortalidade infantil;
· Expectativa de vida baixa.

20/02: AULA 06:

9º M2/9º M1:
1. Inicie a aula 3 respondendo e comentando o exercício que os alunos fizeram em casa. Depois, continue a síntese sobre as características mais marcantes dos países subdesenvolvidos, destacando a hipertrofia do Setor Terciário, a circulação de mercadorias e os fluxos de capitais.
2. Faça com os alunos o exercício 3 das Atividades, em que se discute a tradicional divisão da economia em setores primário, secundário e terciário.
3. Recomende o exercício 3 da seção Em casa, para os alunos analisarem a distribuição e os movimentos da PEA entre os setores da economia, tanto no mundo desenvolvido quanto no subdesenvolvido.

ESQUEMA DA 6ª AULA DIA 20/02
1 - COMO MEDIR O SUBDESENVOLVIMENTO E PRINCIPAIS ASPECTOS DO SUBDESENVOLVIMENTO 1 – COMO MEDIR O SUBDESENVOLVIMENTO
1. A Medição do Desenvolvimento de um País se dá pelo IDH, que leva em consideração: O Nível de saúde da população, medido pela expectativa de vida, a qualidade da educação, medida pelo índice de analfabetismo e pela média dos anos de estudo, e pelo nível de renda, analisado segundo o PIB per capita em PPC, o poder real de compra em dólar.
2. O IDH se mede assim: vai de 0,0 a 1,0, sendo que 0,0 à 0,49, IDH baixo, 0,5 à 0,79, IDH médio, e acima de 0,8, IDH alto.
3. Pelo IDH conhecemos os padrões de vida da população de qualquer país, e isso é pressuposto para medir o seu desenvolvimento.

2 - DÚVIDAS E QUESTÕES EXERCÍCIOS
QUARTA SEMANA : 26 À 27/02/09
26/02: AULA 07:
9º M1/9º M2:
1. Inicie a aula 7 respondendo e comentando a tarefa de casa. Em seguida, encerre a caracterização do subdesenvolvimento, analisando os problemas demográficos, a urbanização, a fome e a educação.
2. Faça com os alunos o exercício 4 das Atividades, em que se observa, com base em um gráfico, o impacto da epidemia de Aids sobre a expectativa de vida em alguns países africanos.
3. Recomende a tarefa 4 da seção Em casa, em que o aluno refletirá sobre o problema da fome, suas particularidades e causas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário